terça-feira, 22 de janeiro de 2013

BEM-AVENTURANÇAS!

Esse termo, embora não esteja na *Bíblia, é comumente usado para designar a porção introdutória do Sermão da Montanha (Mat. 5:3-12; Luc. 6:20-23). O termo português “beatitude”, sinônimo de bem-aventurança, deriva do Latim beatitudo, “ventura”. Na Vulgata, Mat. 5:3-11 começa com beati, “benditos”, palavra derivada da mesma raiz de beatitudo. A palavra grega para “bendito” é makarios, significando “feliz”, “afortunado”. As Bem-aventuranças, como dadas em Mateus, pronunciam uma bênção sobre:
 
 
 
 
 
 
          (1)  os que reconhecem sua pobreza espiritual;
 
         ( 2)  os que choram;
(3)  os que são humildes;
(4)  os tem fome e sede de justiça;
(5)  os misericordiosos;
(6)  os que são “puros de coração”, cujos pensamentos e motivos são celestiais;
(7)  os que promovem a paz; e
(8)  os que, por causa de Cristo, são perseguidos e difamados.
Lucas lista apenas o primeiro, o quarto, o segundo e o oitavo, nessa ordem. Nas Bem-aventuranças, Cristo anunciou que os objetivos de Seu ministério e de Seu reino deviam trazer felicidade à humanidade. Os princípios que Ele enumerou chocam-se com o conceito de que a felicidade deve ser encontrada no nível carnal ou material.

0 comentários: