sexta-feira, 30 de setembro de 2011

FELIZ SÁBADO!
QUE DEUS TE ILUMINE E TE GUARDE!

I Coríntios 10.13

“Não veio sobre vós nenhuma tenta que não fosse humana. Mas Deus é fiel e não deixará que sejais tentados além do que podeis resistir. Pelo contrario, juntamente com a tentação providenciará uma saída, para que a possais suporta.” (ênfase acrescentada).

Daqui, temos três lições:

Primeiro: Nenhuma tentação que enfrentamos é pior que qualquer tentação que outra pessoa possa enfrentar.

Segundo: Deus promete limitar a tentação para que possamos enfrentá-la.

Terceiro: Se a Tentação ameaça exceder nossa capacidade de lidar com ela, Deus nos dará um escape.


domingo, 25 de setembro de 2011

TEÍSMO, DEÍSMO E NATURALISMO

Em termos intelectuais: no teísmo, Deus é o Criador infinito-pessoal e sustentador do cosmos. No deísmo, Deus é reduzido, ele começa a perder sua personalidade, embora permaneça como Criador e sustentador do cosmos. No naturalismo, Deus é ainda mais reduzido, ele perde sua própria existência. Os naturalistas removeram o concebida por Deus dos seus conceitos e transformaram a razão no único critério de verdade.
No caso do teísmo, a proposição principal relaciona a natureza de Deus. No teísmo, Deus não é apenas pessoal, mas triúno. Deus não apenas existe, mas é um ser verdadeiramente existente, Ele é pessoal e nós podemos relacionar-nos com Ele de maneira pessoal. Conhecer a Deus é mais do que conhecer sua existência é conhece-lo como irmão ou melhor, nosso Grande Pai. Ele ainda é transcendente, Ele está além de nós e do nosso mundo.

sábado, 24 de setembro de 2011

MIOPIA E DISCERNIMENTO

A palavra de Deus nos oferece o escopo de nosso pensar e agir. Por meio Dela poderemos ter  uma real visão de Deus, de nós mesmos e do mundo. Portanto uma cosmovisão Bíblica, ela interpreta a chamada realidade pela ótica da própria Escrituras. Sem as Escrituras permaneceremos míopes para distinguir as particularidades. O Conhecimento de todas as ciências não passa de fumaça quando separada da ciência Celestial de Cristo. O Conhecimento de Deus é a genuína vida do Ser. Por isso, nenhuma teologia é maior do que as Escrituras. Somos seres humanos, e é preciso que observemos sempre os limites dos nossos conhecimentos.

sexta-feira, 23 de setembro de 2011

"Todos nós andávamos desgarrados como ovelhas; cada um se desviava pelo caminho, mas o Senhor fez cair sobre ele [Jesus Cristo] a iniquidade de nós todos". Isa. 53.6