quarta-feira, 21 de abril de 2010

A Mensagem Escrita de Deus se Relaciona com o Cultural!

A contextuação também pode ser definida como um processo pelo qual a mensagem escrita de Deus se relaciona com o contexto cultural em que é proclamada. Assim, a Palavra de Deus deve ir aos povos aonde eles vivem. E é no terreno cultural que está plantada e enraizada a cultura na qual o Evangelho entra para dar vida em abundância. Assim, a cultura precisa se identificar com a Palavra do Senhor, para que o ouvinte de outra cultura possa expressar-se com a Palavra em forma própria.
A apresentação do Evangelho através do mesmo ângulo é feita nos mais diferentes aspectos da missão de Deus, e convoca a igreja a se envolver. Alguns exemplos: No processo de tradução da Bíblia para a língua a ser identificada; na forma como se prega a Palavra de Deus, para que se torne entendível ao ouvinte;, na estrutura administrativa e na forma de governo eclesiástico; no discipulado, na forma do culto, nos rituais e na cerimônia, também na música, no trabalho social da igreja, no jeito de se compor hinos, no meio em que se comunica, com eliminação de jargão que deturpa e demonstra preconceito; na educação e abrindo escolas com o objetivo de proporcionar educação a uma vila, um bairro ou até mesmo a uma cidade.
Em Jesus temos o exemplo zenital de como contextuar o Evangelho. Ele é o Filho Encarnado de Deus. O modelo de encarnação é o modelo de Cristo deixando as belezas da corte celestial, e vindo à Terra sequestrada pelo maligno, envolvendo-Se com o homem para resgatá-lo. Não existe modelo maior do que esse!
Jesus deixou o magno exemplo a ser seguido, um exemplo incomensurável. Assim Ele viveu de modo que seguíssemos Seus passos dando continuidade à Sua obra, e apela para que a igreja prossiga em Seus passos.
Por
Pr. Chaguri
mestre em missiologia.

0 comentários: