quinta-feira, 25 de fevereiro de 2010

MEGA DOMINGOS - NÃO PERCAM!!!!!!!!


segunda-feira, 22 de fevereiro de 2010

MAIS UMA CHANCE

Jonas Salk, o grande cientista descobridor da vacina conta a poliomielite, compreendeu o conceito de ser corajoso. Certa vez, alguém lhe perguntou:
_ Depois de ter conseguido esta façanha estraordinária, que pôs fim a palavra poliomielite em nosso vocabulário, como o Senhor encara seus 200 fracassos anteriores?
Sua resposta (parafraseada) foi:
_ Eu nunca tive 200 fracassos na vida. Minha família nunca os considerou fracassos. Eles serviram de experiências para que eu pudesse aprender mais. Acabo de realizar minha 201 descoberta. Ela não teria sido possível se eu não tivesse aprendido com as 200 experiências anteriores.
Winston Churchill também foi um homem de coragem. Ele não se intimidava diante de seus erros. Quando cometia um, ele o analisava cuidadosamente. Alguém lhe perguntou:
_ Sir Winston, qual foi a sua experiência na escola que melhor preparou-o para liderar a Grã-Bretanha nas horas mais sombrias?
_ Quando fui repetente no curso médio.
_ O Senhor considerou isso um fracasso?
_ Não - replicou Winston - Tive duas oportunidades para acertar.
por
H. Stephen Glenn e Jane Nelson

E ISTO TAMBÉM.....

Conta-se que certa vez, um rei do Oriente incumbiu os sábios de seu reino de criarem uma frase que estivesse à vista de todos e que fosse verdadeira e apropriada para qualquer tempo e situação.
Os sábios apresentaram-lhe esta frase: "E isto também passará." Quanta coisa expressa! Como é disciplinadora nos momentos de orgulho! E como é confortante nos momentos de grande aflição!

Por
Pr. Chaguri

terça-feira, 16 de fevereiro de 2010

REFLEXÃO SOBRE A IMPORTÂNCIA DA CONTEXTUALIZAÇÃO DO EVANGELHO


O mundo político e religioso está em busca de paz. Na política, a guerra contra o terrorismo; na área religiosa, o respeito pela diversidade de crenças que proporciona bom ensejo para apresentar o Evangelho numa linguagem aceitável e inteligível. Não é através da força que se leva a mensagem, mas pelo Espírito de Deus que é de paz. Em Mateus 5:9 diz: “Bem-aventurados os pacificadores, porque serão chamados filhos de Deus.”

Com o desgaste emocional mundial, somente a obra de Deus pode mudar o dantesco quadro. E isso é cumprir a Missão de Deus - um dever expresso por Jesus no comando de fazer discípulos (Mateus 28.19-20). Também é uma promessa Sua: O Evangelho será pregado no mundo inteiro, e depois virá o fim (Mt. 24). Então será concluída a Missão do Amor de Deus (Apocalipse 7:9).

Indubitavelmente, na presente conjuntura, a contextualização do Evangelho tem sua importância. Contextuar o Evangelho significa viver a vida de Cristo, receber a Palavra de Deus escrita e transmiti-la aos outros de forma que a possam entender.

“Em última análise, a contextualização do Evangelho é possível pela ação do Espírito Santo no povo de Deus. À medida que a Palavra se encarna hoje na igreja, o Evangelho toma forma na cultura. E isso reflete o propósito de Deus: Sua intenção não é que o Evangelho se reduza a uma mensagem verbal, mas que se encarne na igreja e, através dela, na história. Aquele Deus que sempre falou aos homens a partir da situação histórica, designou a igreja como instrumento para a manifestação de Jesus Cristo em meio aos homens.”

“Aristóteles mostra que a Palavra ‘um’ é usada em mais de um sentido. Ela pode ser empregada para indicar unidade de quantidade ou unidade de essência. Por exemplo, uma molécula de água pode ser ‘uma’ numericamente, sem ser uma ou singular em sua essência, como sua fórmula H2O indica.”

por Pastor Chaguri

Mestre em Missiologia

FARAÓ TUTANKAMON MORREU DE MALÁRIA E INFECÇÃO ÓSSEA!


Arqueologia
Faraó Tutankamon morreu de malária e infecção óssea, diz estudo
16 de fevereiro de 2010



O jovem e lendário faraó Tutankamon, que teria morrido misteriosamente há mais de 3 mil anos, faleceu, na verdade, de malária combinada com uma infecção óssea, segundo um estudo divulgado nesta terça-feira nos Estados Unidos.

Tutankamon morreu jovem - aos 19 anos, em 1324 a.C., com apenas nove anos de trono, sem deixar herdeiros , o que levou especialistas a especularem sobre a hipótese de doenças hereditárias na família real da XVIII dinastia, explica Zahi Hawass, responsável pelas antiguidades egípcias no museu do Cairo e principal autor do estudo.

Os pesquisadores se apoiaram em vários métodos, entre eles a radiologia e as análises do DNA para o trabalho, realizado em 16 múmias, com onze delas, incluindo a de Tutankamon, sendo, aparentemente, membros da família real.

O estudo, realizado entre 2007 e 2009, buscava determinar os vínculos de parentesco e de sangue, e a existência de características patológicas hereditárias em Tutankamón. Os mesmos permitiram identificar o pai do faraó, marido da lendária rainha Nefertiti.

"Estes resultados permitem pensar que uma circulação sanguínea insuficiente dos tecidos ósseos, que debilitou e destruiu parte da ossatura, combinada com malária, foi a causa mais provável da morte de Tutankamon", ocorrida após uma fratura, explica Zahi Hawass, com trabalhos divulgados no jornal da Associação Médica americana (Jama) na edição de 17 de fevereiro.

O diagnóstico pôde ser estabelecido sobretudo graças aos exames genéticos, que revelaram uma série de más-formações na família Tutankamon, como a doença de Kohler, que destrói células ósseas.

As análises de DNA também puseram em evidência a presença de três genes vinculados ao parasita Plasmodium falciparum, responsável pela malária em quantro múmias estudadas, entre elas a de Tutankamon.

Tutankamon e seus ancestrais eram pouco conhecidos até a descoberta, em 1992, de sua tumba pelo britânico Howard Carter, que continha um grande tesouro, incluindo uma máscara mortuária em ouro maciço.

O estudo parece abrir as portas a um novo enfoque de investigação em genealogia molecular e paleogenômica do período faraônico, opinam os cientistas.

(Com agência France-Presse)

terça-feira, 9 de fevereiro de 2010

Cientistas acham 3 mil pegadas de dinossauro na China


Arqueólogos chineses disseram ter descoberto mais de 3 mil pegadas de dinossauro, todas apontando para a mesma direção. As marcas, que os cientistas acreditam terem sido deixadas por seis tipos diferentes de dinossauros há mais de 100 milhões de anos [sic], foram encontradas na província de Shandong, no leste do país. Elas variam de 10 cm a 80 cm e pertencem a várias espécies, como o tiranossauro, o hadrossauro e o celurosauro. Segundo a agência de notícias oficial da China, Xinhua, os arqueólogos creem que as pegadas representam uma migração ou uma tentativa em pânico de escapar de predadores.

As marcas foram descobertas em uma vala localizada em uma encosta de rochas de cerca de 2,6 mil metros quadrados. Foram necessários três meses de trabalhos de escavação para chegar até o sítio arqueológico.

Fósseis de dinossauros foram encontrados em cerca de 30 sítios arqueológicos na área de Zhucheng – tanto que a cidade de Zhucheng é também conhecida como "a cidade dos dinossauros".

(BBC Brasil)

Nota: O que teria posto tiranossauros e outros grandes répteis para correr? Que predador terrível seria esse capaz de pôr três mil dinossauros em fuga? E se foi apenas migração, por que esses dinossauros de espécies diferentes estariam juntos e fugindo na lama? (Lembre-se de que para haver fossilização de pegadas é preciso que que o animal pise na lama e que essa pegada seja coberta por mais lama, em seguida.) Mais parece que estavam fugindo de alguma catástrofe hídrica...[MB]

Terremoto de 5,9 graus atinge sul do México

"Certamente, o Senhor Deus não fará coisa alguma, sem revelar o seu segredo aos seus servos, os profeta." Amós 3.7

México, 8 fev (EFE).- Um terremoto de 5,9 graus na escala Richter sacudiu hoje o estado mexicano de Oaxaca (sul), onde seu epicentro foi registrado, e a Cidade do México, sem notícias de vítimas ou danos materiais até o momento.
Segundo o Serviço Sismológico Nacional mexicano (SSN), o tremor ocorreu às 18h47 locais (21h47 de Brasília) e seu epicentro foi localizado a 32 quilômetros ao nordeste da cidade de Puerto Escondido, no litoral do Oceano Pacífico.
O secretário de Defesa Civil da Cidade do México, Elias Brizuela, disse à "Milenio Televisión" que, após a primeira revista dos principais locais da capital e a consulta a todas as delegações municipais, não houve reportes sobre danos ou vítimas na cidade.
Em Oaxaca também não há notícias de danos até o momento, informou à Agência Efe um porta-voz da Defesa Civil local.

Fonte - G1

Fala Brasil: Homem é encontrado vivo um mês após terremoto no Haiti

Do R7.Texto:
..No Fala Brasil de hoje:
Um homem foi encontrado com vida, preso aos escrombos de um prédio na capital do Haiti, Porto Príncipe. O homem, de 28 anos de idade, foi encontrado nos destroços de um mercado onde ele trabalhava quando ocorreu o terremoto que destruiu o país no começo de janeiro.

Na sua opinião, este exemplo pode significar que a busca por vidas no Haiti deve continuar?

quinta-feira, 4 de fevereiro de 2010

Pode Cair o Mundo! Estou em Paz!

Rm 15:7 "Portanto, acolhei-vos uns aos outros, como também Cristo nos acolheu para a glória de Deus" Lucas 21:25 E haverá sinais no sol e na lua e nas estrelas; e na terra angústia das nações, em perplexidade pelo bramido do mar e das ondas.

Zapatero e Obama se encontram hoje em café da manhã religioso

Zapatero e Obama se encontram hoje em café da manhã religioso
MUNDO - DO GMC, COM TERRA - NOTICIAS.TERRA.COM.BR
Publicidade

O chefe do governo espanhol, José Luis Rodríguez Zapatero, participa nesta quinta em Washington como convidado especial do "National Prayer Breakfast", um café da manhã que se trata, na verdade, de um evento anual político-religioso, que contará também com a presença do presidente americano, Barack Obama.

Embora não esteja prevista uma reunião bilateral entre os líderes, será o primeiro encontro entre eles desde a cúpula de Copenhague sobre a mudança climática, em dezembro.

O encontro entre Obama e Zapatero acontece depois que, no início dessa semana, o Governo dos EUA confirmou que Obama não vai participar da cúpula EUA-União Europeia, prevista para o mês de maio em Madri, uma das principais reuniões do semestre de Presidência espanhola da União Europeia.

Madri e Washington minimizaram a importância dessa ausência, insistindo na "excelência" das relações entre os dois países, que já realizaram duas reuniões bilaterais entre Obama e Zapatero em 2009.

Também está programado um encontro entre Obama e o rei da Espanha, dom Juan Carlos I, no próximo dia 17.

Além do café da manhã, que tem duração prevista de duas horas, Zapatero participará de um almoço-colóquio na Câmara de Comércio e pronunciará uma conferência no Conselho Atlântico, centro de estudos especializado em segurança e defesa.

Esta reunião - e sua visita a Washington - será concluída com um jantar com a presença de parlamentares, empresários e representantes da Administração americana.