terça-feira, 5 de janeiro de 2010

Muçulmanos protestam uso de “Allah” por cristãos



Muçulmanos na Malásia estão protestando contra uma decisão da justiça do país que permite que jornais cristãos se refiram a Deus como Allah. Um protesto no site de relacionamentos Facebook reuniu 43 mil assinaturas.
“O problema é que haverá diversos tipos de doutrina e princípios promovidos que vão contradizer a fé islâmica. Existe perigo de desordem pública”, afirmou Shad Saleem Faruqi, professor de lei constitucional da Universiti Tekonologi Malaysia.
Lawrence Andrew, padre e editor do jornal cristão que moveu a ação, afirma que a intenção não é converter muçulmanos, mas tornar mais fácil o diálogo com os habitantes de Borneo que usam a língua malaia e mesmo sendo cristãos sempre se referiram a Deus como Allah.
A página no Facebook pede ainda proibição do uso do nome Allah por não muçulmanos. De acordo com eles, é uma estratégia para confundir muçulmanos “agora e no futuro”. A população da Malásia é composta por 60% de muçulmanos e apenas 9% de cristãos.

Fontes: Haaretz - Malaysia row over use of 'Allah' reaches Facebook

0 comentários: